Skip to main content
Proteção de Dados na Era Digital

Como funciona a segurança de dados na Indústria 4.0?

Sendo a tecnologia, conectada a uma rede, a principal aliada da Indústria 4.0, pode-se deduzir que há um certo risco: os hackers de plantão. No artigo de hoje, veremos a importância da Segurança dos Dados aplicados à realidade da Quarta Revolução Industrial.

Segurança de Dados na Era Digital

A união entre sistemas cibernéticos e físicos é a engrenagem que promete sustentar a indústria do futuro, e conceitos como IoT, Big Data e Machine Learning são pautas de eventos do segundo setor.

O chão de fábrica está mudando e, agora, conectará os componentes físicos (como o maquinário) à sistemas digitais. Essa integração permite maior controle sobre a produtividade, possibilitando a detecção e correção de falhas mais rapidamente, além de melhorar a relação entre demanda e produção.

Entretanto, para que essas inovações sejam efetivas, é preciso captar e analisar uma grande quantidade de dados (com a ajuda de softwares, é claro). Ao entrar nesse campo de dados, informações e sistemas digitais, surge uma certa insegurança, afinal, como se proteger de hackers nesse novo contexto?

Além do roubo de informações, a conexão entre todos os dispositivos fabris usados para produzir levam a preocupação a outro patamar: a invasão dos sistemas por pessoas mal intencionadas poderia, inclusive, parar a produção!

Os ciberataques, como são conhecidos esse tipo de crimes, já figuraram muitos telejornais ao redor do mundo, mesmo a indústria geralmente não sendo o foco desses criminosos. O que acontece é que a falta de preparo do segmento para esse tipo de ataque pode ser um atrativo: o quão preparadas estão as empresas? Quais são suas defesas? A infraestrutura foi projetada levando os hackers em consideração?

Segurança de Dados na Indústria 4.0 – um desafio. Como se proteger?

O primeiro ponto a se ressaltar é que a segurança de dados deve partir dos projetos iniciais, algo nativo da companhia e que está presente em sua cultura organizacional. Só assim mantém-se a diretriz de segurança sempre atualizada, onde os colaboradores, principalmente da área de TI, estão cientes de sua importância.

Veja mais algumas dicas:

– Estabeleça planos de contingência, pois se o pior acontecer, o impacto causado não é grande;

– Mantenha suas defesas sempre atualizadas;

– Crie processos que evitem quaisquer riscos de invasão e implante-os em toda a companhia;

– Fique por dentro das novidades do mercado e participe de eventos sobre o tema: além de aumentar sua network, você conhece o que outras empresas têm feito para proteger seus dados.

Na Alemanha, gigantes da indústria, como a Volkswagen, já têm parcerias com as melhores universidades e centros de pesquisa a fim de diminuir quaisquer riscos em seus sistemas. Esse pode ser um caminho para o brasil, que, apesar de ainda não viver a Quarta Revolução Industrial como países desenvolvidos estão vivendo, possui profissionais e demanda para isso.

Qual sua opinião sobre o tema? Deixe nos comentários!

Related Post

Um comentário em “Como funciona a segurança de dados na Indústria 4.0?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *