Skip to main content

Soluções para o mercado de contato com água potável

DSM expande a gama de gerenciamento de água com novos compostos de poliamida de alta performance ForTii® Ace e XYtron TM – PPS, tornando-a agora um fornecedor com soluções completas para o mercado de contato com água potável.

Soluções completas para o mercado de contato com água potável (EcoPaXX PA4.10, ForTii, ForTii Ace PPA e Xytron PPS)

A Royal DSM, uma empresa global baseada em ciência ativa em saúde, nutrição e materiais, está adicionando aos seus compostos de poliamida ForTii® Ace e de Polisulfeto de Fenileno XYtron TM (PPS), materiais com reforços de fibra de vidro, resistentes à temperatura, para utilizados no manejo da água.

O ForTii Ace WX51-FC foi desenvolvido especificamente para as aplicações mais exigentes de contato com água potável, com longa exposição a água quente de 100 °C e acima.

O material, que tem um teor de fibra de vidro de 30%, provou retenção superior de propriedades em contato de água a longo prazo.

ForTii Ace é um PPA baseado em química C4 (PA4T), com uma alta temperatura de transição de vidro (Tg) de 160 °C, devido ao seu alto teor de aromáticos – maior do que qualquer outro PPA comercial.

 Como acontece com a maioria das outras poliamidas, o ponto de transição diminui na presença de água, porem as propriedades mecânicas do ForTii Ace permanecem em um nível substancialmente mais alto para a grande maioria das aplicações de água quente, em comparação com outros PPAs alternativos, os quais possuem em média, um Tg de cerca de 35 graus abaixo.

Esta resistência à temperatura superiores proporciona aos usuários do setor de gerenciamento de água importantes vantagens extras ao projetar peças no ForTii Ace WX51-FC. É ideal para aplicações em contato a longo prazo com água à temperaturas de 100 ° C, ou até maior que isso.

Os testes realizados confirmam que o ForTii Ace WX51-FC também possui resistência à hidrólise superior, mantendo sua resistência por um período muito mais longo do que materiais alternativos. Sua resistência geral à maioria dos produtos químicos a temperaturas elevadas é muito boa também.

A injeção de peças moldadas no ForTii Ace WX51-FC demonstra uma retenção de resistência de solda superior após exposição prolongada a água quente, mesmo a temperaturas superiores a 100 ° C. Isso é importante em partes complexas, onde múltiplos caminhos de fluxo podem criar inúmeras linhas de solda, visto que essas são tipicamente áreas de fraqueza mecânica em qualquer design.

Processabilidade é outro fator positivo para o ForTii Ace WX51-FC: ele tem alta estabilidade de fusão e também cristaliza muito rapidamente no resfriamento, permitindo que as peças sejam desmoldadas rapidamente e reduzindo os tempos gerais de ciclo.

“A combinação de excelentes propriedades mecânicas e facilidade de processamento fornece aos usuários mais espaço para otimização e personalização”, diz Caroline Mitterlehner, Gerente de Negócios de Gerenciamento de Água Global.

O ForTii Ace WX51-FC complementa as notas existentes da ForTii que a DSM desenvolveu para aplicações de gerenciamento de água, como sistemas de aquecimento de água, medidores de água, produtos sanitários e pequenos e grandes aparelhos. Estes incluem ForTii WX11-FC, outro produto reforçado com 30% de fibra de vidro, que possui uma Tg de 125 ° C e uma resistência à hidrólise muito boa. As peças de injeção moldadas no ForTii WX11-FC têm maior resistência de solda do que as PPAs que normalmente requerem níveis de reforço de 35% a 40% para obter desempenho mecânico similar. Isso resulta em menor desgaste da ferramenta e melhor acabamento superficial.

Além disso, a peça moldada por injeção em ForTii WX11-FC empena menos que outros PPAs. Nenhuma outra poliamida de alta temperatura flui tao bem como o ForTii.

“A DSM tem mais de 25 anos de experiência em aplicações automotivas e eletrônicas altamente exigentes, onde nossos materiais são necessários para atender e exceder requisitos de alta temperatura e rigidez”, diz Mitterlehner.

E complementa: “agora, tendo expandido nosso conhecimento científico com o ForTii, estamos usando essa experiência para se expandir para o mercado de contato com água potável, que possui suas próprias especificações, requisitos, e regulamentos muito rígidos. Nossos cientistas têm uma longa história com tecnologia de poliamidas de alto desempenho, começando com nosso material Stanyl PA4.6 e mais recentemente com o ForTii e o ForTii Ace. Continuamos a construir nosso portfólio e a ampliar nossa experiência científica”.

Xytron PPS para alta precisão e estabilidade dimensional

A DSM também possui produtos em sua gama EcoPaXX® PA4.10 que são adequados para contato a longo prazo com a água, bem como novos grades de Polisulfeto de Fenileno Xytron (PPS) G3020DW-FC (30% de fibra de vidro), G4020DW-FC (40% FV) e G3010E (modificado ao impacto).

Com a tecnologia da DSM para reduzir a quantidade de rebarbas típico de PPS enquanto permanece com alta fluidez, esses grades de Xytron superam os compostos existentes no mercado.

“Alcançar baixo nível de rebarba foi um alvo importante no desenvolvimento desses produtos”, diz Mitterlehner. “Existem inúmeras fontes de PPS disponíveis para os processadores de hoje, por isso precisávamos ter certeza de que os novos grades de Xytron fossem diferenciados”.

O menor custo de rebarbamento e a alta capacidade de fluidez revelam a tecnologia do “baixo nível de rebarba, alto fluxo” para processadores com valor extra tangível na produção de peças de alto desempenho “.

Os compostos de Xytron são ideais para aplicações de contato com água potável, pois os Polisulfetos de Fenilenos apresentam geralmente maior pureza do que as poliamidas.

O PPS quase não tem absorção de água, tornando o Xytron ideal para peças muito complexas e de alta precisão, onde é necessária uma estabilidade dimensional muito alta.

Da mesma forma, as propriedades mecânicas permanecem inalteradas após a absorção de água – um fator a menos para considerar em partes de design.

Onde é necessária alta precisão, rigidez muito alta, resistência à temperatura e química, o Xytron PPS é o material certo.

Com sua alta temperatura de uso contínuo de 240°C, excelente acabamento superficial, moldagem de alta precisão e baixa expansão térmica torna o Xytron PPS adequado para uma grande variedade de aplicações de contato com água.

Com EcoPaXX PA4.10, ForTii e ForTii Ace PPA, além de Xytron PPS, a DSM é agora um fornecedor de soluções completas para o mercado de contato com água potável.

DSM – Bright Science. Brighter Living. ™

DSM

A Royal DSM é uma empresa global voltada à ciência que atua nas áreas de saúde, nutrição e materiais. Ela promove prosperidade econômica, progresso ambiental e avanços sociais ao associar suas competências únicas em Ciências da Vida e Ciências de Material para criar valor sustentável para todas as partes interessadas simultaneamente.

A DSM oferece soluções inovadoras que fomentam, protegem e aprimoram o desempenho em mercados globais, tais como o de suplementos alimentares e nutricionais, higiene pessoal, nutrição animal, equipamentos médicos, automotivo, tintas, elétrico e eletrônico, proteção à vida, energia alternativa e materiais de base biológica.

A DSM e suas empresas associadas têm faturamento líquido anual de cerca de 10 bilhões de euros, com cerca de 25.000 funcionários. A empresa está listada na Euronext Amsterdã.

Quer saber mais sobre a DSM? Acesse o site da companhia.

Possuímos os melhores fornecedores! Compre, sem dificuldade, os melhores produtos do mercado com a Piramidal.

Related Post

2 comentários em “Soluções para o mercado de contato com água potável

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *