Skip to main content
Inovações em plásticos de alto desempenho permitem a interrupção automotiva e eletrônica

Ensaio sobre a Dinâmica do Mercado: a DSM está bem posicionada para a revolução de conectividade

Inovações em plásticos de alto desempenho permitem a interrupção automotiva e eletrônica. Os mercados automotivo e eletrônico estão em um estado de mudanças rápidas. A inovação revolucionará a forma como estas indústrias funcionam e redefinirá a competitividade. As empresas que entendem a necessidade de inovar rapidamente subirão ao topo do mercado. Aquelas que demorarem terão dificuldade em manter sua participação no mercado ou terão dificuldade em recuperar o atraso. À medida que essas indústrias transitam neste período de grandes mudanças, veremos que algumas companhias há muito estabelecidas desaparecem e novas start-ups inovadoras florescem.

Inovações em plásticos de alto desempenho permitem a interrupção automotiva e eletrônica

À medida que o transporte evolui para a era dos carros conectados, as indústrias automotiva e eletrônica estão convergindo como nunca antes. Enquanto os produtos eletrônicos representavam apenas 1% do valor de um veículo em 1950, esse número aumentará para 35% até 2020, e 50% em 2050 (Statista: O custo da eletrônica automotiva como porcentagem do custo total do carro no mundo todo de 1950 a 2030).

Os plásticos desempenharam um papel fundamental na revolução da indústria eletrônica. Eles lideraram a tendência da miniaturização, permitindo aos designers impulsionar tensões mais altas em espaços menores. Eles foram projetados para fazer mais com menos, melhorando a eficiência ao longo do ciclo de vida do produto. E foram projetados para melhorar a segurança, pois os dispositivos aumentam a potência computacional enquanto diminuem o tamanho.

À medida que a indústria automotiva se move para atender às próximas demandas de veículos conectados, condução autônoma, a Internet das Coisas e uma economia circular sustentável, a eletrificação em carros continuará a aumentar. Com isso, o peso de plásticos em cada veículo continuará a crescer para além dos 350 kg esperados em cada veículo em 2020. O uso de materiais plásticos em carros já aumentou acentuadamente, com 75% mais plásticos nos veículos de hoje do que nos de 2014 (IHS: Demanda de Polímeros no Campo Automotivo).

Essas tendências têm repercussões nos mercados estabelecidos há muito tempo. O mercado de plásticos está atualmente em tumulto devido a mudanças rápidas na demanda. Existe uma necessidade crescente de acelerar a inovação de materiais plásticos com o equilíbrio certo de propriedades para uma ampla variedade de aplicações. As parcerias tradicionais estão sendo reavaliadas à medida que os processos de inovação e desenvolvimento aceleram através de uma cooperação mais ampla e inovação em enxame.

Isso permite que os parceiros da indústria captem melhores ideias, projetos e soluções, que atendam às demandas em rápida mudança do mercado. Os plásticos de engenharia desempenharão um papel fundamental nessa evolução – mas somente depois que o mercado perceber a necessidade de reinvestir maciçamente em tecnologia termoplástica inovadora.

Ensaio sobre a Dinâmica do Mercado: a DSM está bem posicionada para a revolução de conectividade

Volatilidade na indústria de plásticos

A indústria de plásticos enfrentou seus próprios desafios de mercado ao longo do ano passado. Vimos consolidações de fornecedores, controles de matérias-primas e maior domínio do mercado por um punhado de fornecedores.

Experimentamos interrupções em plantas e fechamentos de fábricas de matérias-primas e intermediários nos EUA, após uma temporada de furacões particularmente ruim. Além disso, temos assistido a aumentos nos preços das matérias-primas – notadamente o Benzeno e outros Intermediários, como a Ciclohexanona –, pois as unidades de produção na China devem realizar fechamentos temporários em curso devido a medidas antipoluição.

Nesse cenário, as indústrias automotivas e eletrônicas em rápida mudança exigem entrega rápida, flexível e garantida de plásticos de alto desempenho – onde e quando forem necessários. Com uma oferta limitada, grandes mudanças na demanda e aumentos nos preços das matérias-primas, só se pode esperar que, consequentemente, haja também futuros aumentos no preço dos materiais plásticos de alto desempenho.

Co-inovação

Continuar a ser competitivo neste mundo em rápida mudança requer um parceiro de materiais que possa ajudar a aproveitar novas oportunidades de mercado com uma abordagem rápida e flexível da inovação. A DSM é esse parceiro, porque antecipamos essas mudanças na indústria em tempo hábil, e estamos trabalhando há muitos anos para construir nossa forte posição nos mercados automotivo e eletrônico.

Cerca de 90% de todos os carros novos e quase todos os dispositivos eletrônicos móveis incorporam um material DSM hoje em dia – no mundo todo. Como uma das primeiras empresas de plásticos de engenharia de origem ocidental a entrar na China, a DSM possui um longo histórico de trabalho com as necessidades específicas e particularidades das aplicações eletrônicas, e nenhuma outra empresa de plásticos de engenharia está investindo ativamente no desenvolvimento de novos polímeros para a indústria eletrônica. Consideremos o ForTii®, por exemplo, com notas projetadas para ter força para aguentar milhares de operações de puxar e ligar; adequado para etapas de processamento de alta temperatura, como NMT, LDS e PVD; e com alta capacidade de escoamento para permitir projetos de paredes finas e tempos de ciclo melhorados.

Portfólio amplo

A abordagem de parceria da DSM é conhecida por sua inovação rápida e efetiva através da cocriação. Nosso trabalho de inovação em andamento inclui novos materiais plásticos de alto desempenho e engenharia para uma variedade de aplicações automotivas e eletrônicas. Esses materiais ajudam os OEMs a atingir os aproximadamente 200 kg de peso que precisam remover dos veículos até 2025 para cumprir os rígidos regulamentos de emissões de CO2.

Nosso ForTii® Ace, por exemplo, substitui os metais sob pressão em aplicações automotivas altamente desafiadoras, como o powertrain, transmissão, chassi e aplicações de gerenciamento térmico. Com desempenho mecânico estável em temperaturas de uso contínuo até 150° C, o ForTii Ace é preferido em aplicações que precisam de resistência a longo prazo a altas temperaturas e estabilidade química superior. Esses materiais superam os materiais competitivos por apresentarem uma temperatura de transição vítrea (Tg) significativamente maior do que a de outras poliftalamidas e maior resistência aos óleos e produtos químicos automotivos do que até mesmo materiais de alto desempenho, como o PEEK.

Para conectores automotivos, dispositivos de controle e sensores, que estão expostos à umidade e altas temperaturas, desenvolvemos o Arnite® PBT. Esses graus resistentes à hidrólise, de Polibutileno Tereftalato, são ideais para aplicações ao redor do motor, onde as temperaturas máximas continuam a aumentar. As poliamidas 6 e 66, bem como o PBT padrão, não mantêm suas propriedades mecânicas nesses ambientes cada vez mais quentes. O Arnite PBT demonstra uma maior retenção de propriedades mecânicas em ambientes de alta umidade com temperaturas elevadas e supera praticamente todos os materiais competitivos em termos de fluxo e velocidade de cristalização para reduzir os tempos de ciclo de produção.

Para aparelhos inteligentes em casas inteligentes, desenvolvemos as grades Akulon® SafeConnect e ExoPaXX® PA410. Estas ultrapassam o padrão internacional EN 60335-1 para a segurança de aparelhos domésticos e similares, para garantir que os aparelhos eletrônicos que podem ser operados sem supervisão humana direta não representem um risco aumentado de falha elétrica com consequências potencialmente graves.

Nossos materiais alcançam a mais alta classificação de inflamabilidade UL 94 de V-0, com uma espessura de apenas 0,4 mm. Isso garante que os produtos podem passar pelo Teste de Fio Glow (GWT) da IEC 60695-11-10, sem inflamar, a 850° C, e manter um alto índice de rastreamento comparativo (CTI) de 400V. Ofereceremos, ainda, um composto retardador de chama sem halogênio com um CTI de 600V.

Expansão da capacidade

Além de desenvolver continuamente novos graus para enfrentar os últimos desafios das indústrias automotiva e eletrônica, expandimos tempestivamente a capacidade de nossos plásticos de alto desempenho.

Essa expansão foi necessária devido ao nosso sólido crescimento em materiais automotivos e eletrônicos. Atualmente estamos expandindo a capacidade de nossas plantas de polímeros especiais em Emmen e Geleen, na Holanda, levando a aumentos significativos de capacidade para nossas correntes de produtos Stanyl®, ForTii® e EcoPaXX®. Além disso, também estamos aumentando a capacidade da Arnitel® este ano.

Finalmente, nossa recente joint-venture com a NHU fornecerá compostos de alto desempenho em Polisulfeto de Fenileno (PPS) para aplicações automotivas, eletrônicas, de gerenciamento de água e industriais. Isso completará nosso portfólio no espaço de plásticos de engenharia de performance de alta temperatura, ao mesmo tempo em que complementará nossas ofertas no poliéster termoplástico, poliamida 6 e poliamida 66.

Com todos esses desenvolvimentos em inovação de produtos, expansão de portfólio e aumento de capacidade, a DSM está bem posicionada para permitir mudanças de paradigma atuais e num futuro próximo nas indústrias automotiva e eletrônica.

Conte com a Piramidal para adquirir produtos da DSM, de forma eficiente e sem complicações na compra e na entrega. Oferecemos:

  • Stanyl® PA46
  • ForTii® (PPA)
  • Arnitel® TPC-ET
  • Arnite® PET
  • EcoPaXX® PA410
  • Xytron® PPS
  • Polímeros de Performance DSM
  • Akulon® PA6 / Akulon® PA66
  • Novamid®

Acesse nosso site e saiba mais!

Related Post

2 comentários em “Ensaio sobre a Dinâmica do Mercado: a DSM está bem posicionada para a revolução de conectividade

  1. Muita tecnologia para ser desenvolvida em nossos produtos.
    “As empresas que entendem a necessidade de inovar rapidamente subirão ao topo do …”
    Devemos estar atentos a demanda e as necessidades desta transformação em redução de pesos veicular.
    Brilhante post !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *